PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

A DOENÇA RESPIRATORIA CRÓNICA DO CANÁRIO

As doenças respiratórias são muito frequentes nos canários, traduzindo-se por respirações ruidosas, principalmente de noite, em ralos, assobios e estertores, tudo isto sem que a ave evidencie um, mau estado geral, mesmo após vários meses de evolução da doença. Eventualmente, o canto poderá apresentar-se alterado ou mesmo ausente.

As causas desta doença respiratória crónica podem ser diversas, por vezes complexas, estando principalmente associadas a problemas microbianos.

Perante esta suspeita, recomenda-se que tão cedo quanto possível, se inicie o tratamento à base de espiramicina e de vitamina C,  através da  administração de ANTICORYZA MOUREAU na dose de 3 colheres medida (de 0,2ml), por cada 60 ml de água bebida, ou uma colher das de chá cheia (equivalente a 5ml) por cada 500ml de água.

Estes tratamentos poderão se repetidos por um período de mais 8 dias, após um intervalo de uma semana.

Este tratamento antibiótico pode ser vantajosamente complementado pela utilização conjunta do ALACORYL ex: FLORAMUCIL,alimento complementar cuja administração contribui para fluidificar as mucosidades brônquicas favorecendo desse modo a penetração dos antibióticos ao nível das secreções da mucosa respiratória. Recomenda-se a sua suplementação na dose de 4 gotas por cada 60ml, equivalente a uma colher das de chá (5 ml) por cada litro de água bebida, de modo contínuo enquanto a respiração se mantiver alterada.

 

Novidades

Flyingvet no Facebook


Flyingvet Lda no Facebook

Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Widget by : Joomla Tutorial